Meditação Amor e Compaixão – Shiwa Lha – Centro de Estudos do Budismo Tibetano

Meditação Amor e Compaixão

Terça-Feira – 8h às 9h

Condução Ven. Namdro

ID: 818 9658 1422
Senha: meditar

Como é a nossa prática de meditação?

Toda terça-feira dividimos a nossa prática em duas partes, fazemos dois tipos de meditação: de Estabilidade da mente e Contemplativa (analítica) para treinarmos ou fortalecermos nossa mente em compaixão e amor.

Para iniciantes e praticantes, budistas, não budistas, com crenças ou sem crenças.

8h a 8h40 – Estabilidade da mente
– Postura do corpo
– Motivação/propósito para nossa meditação e para nosso dia
– 10 minutos – mantemos o foco, permanecer a nossa atenção em um ponto/objeto. Podemos escolher a nossa respiração, um objeto ou uma imagem de Buda. Apresentamos diferentes abordagens para mantermos a atenção no foco escolhido.

Fazemos um curto intervalo de dois minutos para mexermos, esticarmos o corpo e relaxarmos um pouco o foco.

8h40 a 9h – Contemplativa para treinarmos ou fortalecermos nossa compaixão e amor.
– Reestabelecemos a postura do corpo
– Reestabelecemos a nossa Motivação/propósito
– 10 minutos – A pessoa que conduz a meditação faz citações e indagações para refletirmos nelas em relação a nossa vida e como podemos fortalecer, abandonar e transformar nossas conclusões.

Voce pode sair da meditação a qualquer momento.

Por que praticar a estabilidade da mente?

Leia abaixo algumas citações dos benefícios para nossa vida de mantermos uma mente estável.

“Podemos começar a cultivar a mente da iluminação agora, na nossa vida cotidiana, sendo expansivos e bondosos com as pessoas que encontramos: sendo pacientes com elas e percebendo suas necessidades. É fácil, contudo, nos enganarmos, desempenhar o papel de uma pessoa amigavelmente expansiva enquanto escondemos nossos sentimentos de irritação e intolerância. Desse modo, é importante nos comunicarmos com nossos sentimentos enquanto também nos esforçamos para nos estendermos aos outros, e isso é feito mais eficientemente na concentração da meditação”. S.S. DALAI LAMA

“…tudo o que fazemos e pensamos agora determina nossas experiências futuras. A decisão é nossa: podemos ser o que desejamos, desde que canalizemos nossas energias nessa direção. Para que isso seja feito, precisamos compreender a mente e aprender a usá-la habilmente.” Kathleen McDonald

Por que praticar a Compaixão e o Amor?

Leia abaixo algumas citações dos benefícios para nossa vida de treinarmos a nossa mente em compaixão e amor.

“A compaixão é o desejar que outros seres se libertem do sofrimento. E o amor é desejar que eles encontrem a felicidade.” SS Dalai Lama

“Se você deseja que os outros sejam felizes, pratique a compaixão. Se você quer ser feliz, pratique compaixão.” “A compaixão tem pouco valor se permanece uma ideia; ela deve tornar-se nossa atitude em relação aos outros, refletida em todos os nossos pensamentos e ações.” Dalai Lama

“Ao cultivarmos um sentimento profundo e carinhoso pelos outros, passamos automaticamente para um estado de serenidade. Esta é a principal fonte da felicidade.” SS Dalai Lama

“A verdadeira compaixão se estende para cada um e para todos os seres sencientes, não apenas para amigos, família, ou aqueles em má situação. Para desenvolver a prática da compaixão até o estágio mais completo, as pessoas devem praticar a paciência. Shantideva nos diz que, se a prática da paciência entra em sua mente e a transforma, você começará a ver seus inimigos como seus melhores amigos. Até mesmo como guias espirituais.
Os inimigos nos oferecem as melhores oportunidades de praticar a paciência, tolerância e compaixão.”
S.S. Dalai Lama

Que todos os seres em todos os lugares,
Atormentados por sofrimentos do corpo e da mente,
Obtenham um oceano de felicidade e alegria.

Em virtude desses méritos,
Que nenhuma criatura viva sofra,
Cometa o mal ou fique doente.
Que ninguém tenha medo ou seja menosprezado,
Com uma mente oprimida pela depressão.
” Shantideva

Com frequência, nós escolhemos uma coisa pequena, um mínimo átomo, um simples ser vivente, e afirmamos: “Este, para mim, é o melhor, o único objeto de amor e compaixão”. Esta Terra contém inúmeros átomos, mas você escolhe apenas um: “Amo este átomo. Amo verdadeiramente o meu átomo. Não estou certo sobre esse outro”. É assim que a sua mente é”. Lama Yeshe