Quatro poderes oponentes – Shiwa Lha – Centro de Estudos do Budismo Tibetano

Quatro poderes oponentes

Definição de Quatro poderes oponentes

Tibetano / Sânscrito:
stobs-bzhi

Forças que podem neutralizar as ações não virtuosas. Forças purificadoras. Confessar ações não virtuosas é necessário para neutralizar a força causal que, quando amadurece, traz sofrimentos. Quatro forças que atuam como antídoto efetivo: poder do objeto, poder do arrependimento, poder da promessa, poder da prática. 1. Como os objetos de seus atos errôneos são as Três Joias, cujos preceitos foram transgredidos pela pessoa e pelos seres sencientes que esta pessoa prejudicou, é preciso tomar refúgio e desenvolver a mente altruísta.
2. Arrepender-se sinceramente pelos atos e perceber as consequências.
3. Desenvolver a determinação de nunca mais repeti-los.
4. Aplicar antídotos específicos, como paciência para com a raiva, generosidade para com a avareza, entre outros; e engajar-se em atividades virtuosas como Sete Ramos, recitação de mantras e textos (como A Confissão de Quedas Morais, O Sutra do Coração) e o melhor de todos: meditar na vacuidade.

Buscar Termo:

A lista de resultados de sua busca traz a palavra-chave e todas as descrições em que esta aparece.


Listar por Letra