A importância de fazer um retiro – Shiwa Lha – Centro de Estudos do Budismo Tibetano

A importância de fazer um retiro

“Qual é a importância de fazer retiro? Não é simplesmente ficar quieto, dar um tempo da família. Ao contrário, há razões cruciais, razões muito urgentes…”

Uma razão simples é a felicidade. A paz e a felicidade dos pais, por exemplo, dependem do afeto e compaixão que seus filhos têm para com eles. E a paz e a felicidade dos filhos dependem da afeição e da compaixão dos pais. O mesmo é verdade para os casais, parceiros, professor e alunos etc.: a paz, a felicidade e o sucesso de cada membro dependem da compaixão e da bondade da outra pessoa. E, em maior escala, o relacionamento entre o líder de um país e sua população.

 Precisamos desenvolver essas qualidades. Essa é a primeira razão para fazer retiro – desenvolver qualidades humanas básicas de afeição e de bondade amorosa. A segunda razão é que o retiro nos proporciona o tempo para colocar em prática os ensinamentos que recebemos. A terceira razão está ligada ao estado de ocupação de nossa vida comum: de forma geral, ficamos bastante presos em alucinações, prazeres sensoriais e em nossas várias obrigações para com os outros, de forma que o período de retiro é o único tempo que temos para relaxar. Em uma situação de retiro, você é forçado a olhar para si, ver a você mesmo em profundidade e se encontrar consigo mesmo.

A recitação de mantras poderosos e dos nomes de pessoas santas, mesmo que uma única vez pode purificar uma quantidade enorme de negatividade. Meditar sobre o caminho à iluminação nos ajuda a eliminar os perigos imediatos, como o renascimento nos reinos inferiores se a morte for iminente. Ao mesmo tempo, essas práticas de meditação podem purificar as causas dos problemas dessa vida, desde relacionamentos difíceis, doenças incuráveis como o câncer e o HIV e até mesmo os perigos de uma morte prematura. Como a pessoa acumula muito mérito por meio dessas práticas, elas se tornam a causa de sucesso e de harmonia nessa vida, promovendo boa sorte nos negócios, dinheiro, boa saúde e vida longa.

Por todas as razões acima, portanto, o retiro nos dá mais esperança, força e coragem para essa vida. Em conclusão, o retiro é importante porque envolve retirar-se da ignorância, da mente insatisfeita do apego e do pensamento de auto apreço. Há forças fundamentais das quais devemos nos retirar. Transformar a mente em virtude, liberar-se do sofrimento e de suas causas: esses são os significados essenciais da prática do Dharma.”

Lama Zopa Rinpoche