Celebração de Aniversário de Sua Santidade, o XIV Dalai Lama – Shiwa Lha – Centro de Estudos do Budismo Tibetano

Celebração de Aniversário de Sua Santidade, o XIV Dalai Lama

Segunda-feira – 6 de julho


Mensagem de Sua Santidade, o XIV Dalai Dalai Lama
no seu 85° aniversário

“Hoje é dia 6 de julho – meu aniversário.

Não é possível um grande número de pessoas se reunirem para uma grande celebração por causa das Restrições da pandemia e também isso não é necessário. No entanto, se você quiser comemorar o meu aniversário, eu gostaria de pedir que recitasse o mantra Mani (Om Mani Padme Hung) pelo menos 1000 vezes. O motivo desse meu pedido é que nós tibetanos temos uma conexão singular com Avalokiteshvara.

Depois que nos exilamos na Índia, e depois que nos assentamos aqui em Dharamsala, a estátua de Chenrezig, Wati Sangpo, foi trazida para mim vinda do Tibete ocidental. Quando os monges do Monastério Dzongkar Chödé estavam de mudança para o sul da Índia, eu fiz uma previsão com bolinha de massa para ver se a
estátua deveria ir com eles ou ficar aqui comigo. O resultado indicou que Wati Sangpo preferia ficar aqui comigo – então eu servi como o seu cuidador. Existe algo especial quanto a Wati Sangpo, como às vezes sentir que ele sorri para mim. Uma vez que a mente bodhicitta altruísta do despertar é a minha principal prática, Wati Sangpo é como o meu refúgio, protetor e guardião.

Portanto, como digo frequentemente, Avalokiteshvara é meu chefe e eu sou seu mensageiro. Então, se você quiser celebrar o meu aniversário, se quiserem celebrar juntos, o que não deve ser muito ruim, não é preciso nada extravagante. Neste dia, lembre-se de Avalokiteshvara e recorde-se que ele é aquele em quem eu, Gyalwa Rinpoche, confio e em quem busco refúgio em termos de visão pura. É em Avalokiteshvara que eu tenho conexão por vidas sucessivas.

Portanto, no meu aniversário, ou visualize a mim, Gyalwa Rinoche, como inseparável de Avalokiteshvara, ou visualize Avalokiteshvara como a principal deidade e eu como um monge sentado à frente dele. Se você recitar o seu mantra (Om Mani Padme Hung) mil vezes, isso será benéfico. Com essa prática você criará algumas raízes de virtude que pode dedicar para que eu – o mensageiro de Avalokiteshvara – viva por 108 ou 110 anos ou algo assim

Que todos vocês fiquem bem e felizes.

Tashi Delek.
Obrigado a todos”

Tradução em 6 de julhlo de 2020 por Ven. Tenzin Kunsang


Celebração de Aniversário dos 85 anos de
Sua Santidade, o XIV Dalai Lama

Ssdl Birthday 1

Vamos celebrar juntos os 85 anos de Sua Santidade Dalai Lama com a prática dos Oito versos de transformação do pensamento, recitação do mantra OM MANI PADME HUM e oferenda de khata* ao trono recitando a prece de longa vida a Sua Santidade Dalai Lama.

* khata – é uma tira comprida de tecido, geralmente branca, uma espécie de longa echarpe. O oferecimento de khata é feito como demonstração de respeito, quando recepcionamos e solicitamos ensinamentos a um mestre.

Você pode assistir e fazer a prática no canal do Youtbe do Centro Shiwa Lha. Faça parte da nossa comunidade, se inscreva! https://www.youtube.com/watch?v=ThOXd25BWWQ&t=725s