Fluir – Shiwa Lha – Centro de Estudos do Budismo Tibetano

Fluir

“De que adianta se preocupar com as coisas vinte e quatro horas por dia, perturbando a mente e impedindo-se de ter uma vida tranquila e alegre? É uma perda de tempo. Nada vai mudar só porque você está se preocupando com isso. Se algo já está quebrado, está quebrado. Preocupar-se não vai resolver. Esta terra sempre foi destrutiva por natureza, era nuclear ou não. Há sempre sangue fluindo em algum lugar ou outro. Veja a história do mundo. Sempre foi assim. O budismo chama isso de origem interdependente, e é assim que a mente humana funciona. 

Lama Yeshe